• Design%20sem%20nome%20(2)_edited
  • Design%20sem%20nome%20(3)_edited
  • Amazon - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza

Resenha livro: Forrest Gump

"Eu posso ser idiota, mas, de qualquer forma, na maior parte do tempo, eu tentei fazer a coisa certa..."

Por: Daia Vitoriano


Olá leitores, como você estão?


Hoje vamos de resenha deste livro que é um tanto peculiar, mas com muitos ensinamentos!

'Run, Forrest, Run' quem nunca ouviu essa frase antes?


Forrest Gump: O contador de histórias se tornou um filme clássico do cinema, e muitos o tem como um dos seus favoritos. Eu adoro esse filme!


Mas foi depois de muito tempo que eu descobri que o filme era baseado em um livro, especificamente quando a Editora Aleph fez uma versão exclusiva para a CCXP19, onde comprei essa edição.


Forrest Gump, escrito pelo Winston Groom, é um livro que mostra a sensibilidade e a inocência que Forrest possui. Ao mesmo tempo, o livro tem uma vibe de humor, sátira e malandragem.


Gump conta suas aventuras aos leitores de forma descontraída e sem medir detalhes, e o mais legal é que o livro não é ortograficamente correto, deixando a ideia mais original ainda, pois é como se nós, leitores, pudéssemos ouvir a sua voz em nosso pensamento, como se estivéssemos ao seu lado - naquele famoso banco.


Este livro faz a gente pensar, sim pensar e muito, em todas situações que ele passou:

  • O seu jeito peculiar de ser

  • Os obstáculos que a vida impôs a ele, os quais encarou de frente, mesmo que às vezes não gostasse tanto da ideia.

  • Nos mostra que pessoas vem e vão em nossas vidas

  • As oportunidades e encrencas que surgem no caminho

  • E claro, o jeito simples que ele gostava de viver mesmo quando tinha uma fortuna sendo acumulada.

Você vai percebendo que o Forrest, apesar da sociedade jogar na cara dele o tempo inteiro que ele é um "idiota", é na realidade muito inteligente e verdadeiro, jogando na cara da sociedade que muitas vezes o mundo e as pessoas que são realmente babacas.


Não leia o livro achando que é idêntico ao filme, pois não é. Tem muitas partes do livro que realmente não aparecem na adaptação e vice-versa.


Mas me senti como se o Forrest estivesse me contando outra história, onde tinha momentos tristes e outros divertidos.


É um livro diferente e, que ao meu ver, vale a pena ser lido!


Você já leu este livro? Sabia que Forrest Gump era baseado em um livro?


Comenta aí!

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo